DIVERSÃO

Foto: divulgação

O Gerações Musicais do mês de setembro traz um duo de artistas da nova cena cultural. As cantoras Joana Terra e Rogéria Dera mostram  seus trabalhos musicais em encontro no dia 25/09, a partir das 19h, na Arte Plural Galeria. 

Cantora, violonista e compositora, Joana Terra é baiana e começou sua carreira em 2004, ano em que foi finalista do festival da rádio Educadora da Bahia. De lá pra cá não parou mais. Recentemente, com produção e direção do cantor e compositor Juliano Holanda, Joana Terra, lançou o seu primeiro álbum solo, intitulado “Vermelha” com participação de Zé Manoel e é ele que ela mostra para o público da Arte Plural ao som do seu violão..  

Já Rogéria Dera iniciou sua carreira artística no final dos anos 90. Mas, foi no final dos anos 2000 a sua experiência mais marcante quando misturou sua sonoridade com o ritmo tipicamente pernambucano da Banda de Pífano Zé do Estado.  Este ano, Rogéria foi indicada nas categorias de melhor cantora MPB e com o melhor videoclipe no 10° Prêmio da Música de Pernambuco, a canção “Solitários” letra e música de autoria da artista ganhou na categoria Videoclipe. Rogéria Dera solta a voz acompanhada pelo violão de Joana e promete novas descobertas musicais para os amantes do projeto Gerações Musicais. 

A Arte Plural Galeria fica na Rua da Moeda, 140, Bairro do Recife – Recife/ PE. Informações: (81) 3424.4431.

LANÇAMENTOS

Foto: divulgação

André Porto celebra a nova edição da Revista MENSCH, nesta quarta, dia 18 de setembro, na cobertura do Bugan Hotel, em Boa Viagem. Os atores Carmo Dalla Vecchia e Fernanda Vasconcellos estampam as capas da 26º edição que ainda terá mais duas capas especiais com o ortopedista Fábio Ribas, e com o empresário Ricardo Eloi.  

Destaque ainda para a sessão Paladar, com entrevista com o badalado chef paraibano Onildo Rocha e para deixar a edição ainda mais especial, a estreia do caderno Motor, trazendo máquinas incríveis e muito design. 

ESPETÁCULOS
Foto: Andréa Rêgo Barros/PCR

Nos próximos dias, a erudição está garantida para todas as idades na programação cultural oferecida gratuitamente pela Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Cultura e da Fundação de Cultura Cidade do Recife. Terça (17) e na 

Na terça-feira, a partir das 9h, o projeto Concertos para Juventude integra a programação do Santa Isabel em Cena, oferecendo uma completa experiência imersiva pelo Teatro Santa Isabel, com visita guiada pelas dependências do teatro, seguida de apresentação dos músicos da Orquestra, sob o comando do maestro Marlos Nobre, com direito a muita conversa sobre compositores e composições clássicas.

A programação é dedicada a jovens, estudantes e públicos de todas as idades, em busca de intimidade com o Santa Isabel e com a música erudita. O acesso é gratuito e pode ser agendado pelo e-mail teatrodesantaisabel.educativo@gmail.com.

Na quarta-feira, a partir das 20h, a Orquestra Sinfônica do Recife sobe de novo ao palco do Santa Isabel para apresentar o sétimo concerto oficial da temporada 2019, com repertório dedicado a dois dos maiores compositores eruditos da história da humanidade. Os ingressos serão distribuídos a partir das 19h, na bilheteria do Teatro de Santa Isabel.Informações: 3355-3322.

ESPETÁCULOS

Foto: divulgação

O Teatro Apolo receberá, neste sábado, às 17h, uma exibição gratuita do espetáculo “Abrazo”, do Grupo Clowns de Shakespeare, de Natal. Os ingressos serão distribuídos a partir das 14h, na bilheteria do teatro, localizado na Rua do Apolo, n° 121, no Recife Antigo.

“Abrazo” é um espetáculo sem falas, que transporta para o universo infantil temas urgentes como ditadura, guerra e toda forma de cerceamento de liberdades. Inspirado na obra “O Livro dos Abraços”, de Eduardo Galeano, com roteiro dramatúrgico de César Ferrario, o espetáculo conta a história de um menino, que vive num país onde, entre muitas outras proibições arbitrárias, a fala e qualquer demonstração de afeto estão vetadas a toda gente do lugar.

No elenco, os atores Camille Carvalho, Dudu Galvão e Paula Queiroz se revezam entre os vários personagens da fábula: um rapaz, uma florista, um soldado, um índio, uma avó, um general e um menino, o único capaz de encontrar brechas de humanidade entre tantos imperativos vigentes.

DIVERSÃO

Foto: divulgação
O mês de outubro começará na capital pernambucana com a melhor festa universitária do Brasil. O Catolicamente aportará no Itaipava 14, no Recife Antigo, no dia 4, a partir das 22h. O evento, produzido pela NPS Produtora, terá uma programação com muito brega, forró, música eletrônica e muito mais, além de um camarote open bar.

O Catolicamente será comandado por PK, Jovem Dex, Dainez, Shev e Elloco, Seu Digão e DJ Bregoso. A festa não tem hora para acabar e os ingressos já estão à venda por R$ 20 (Vip meia), R$ 40 (Frontstage meia) e R$ 70 (Camarote open bar). As entradas podem ser adquiridas nas lojas Ingresso Prime, Ticket Folia e Figueiras Calçados dos principais shoppings da Região Metropolitana do Recife, assim como também através do site www.bilheteriadigital.com.

O camarote open bar contará com uma estrutura diferenciada para o público. Além de um lugar privilegiado, as bebidas disponíveis serão catuaba, cerveja, chicletinho, whisky, drings, refrigerante e água.

SOCIAL

Foto: divulgação

As Aliança Francesas do Brasil, com apoio do Prix Albert Londres, recebem, em setembro, o jornalista investigativo e autor francês Jean-Baptiste Malet para debate e exibição do documentário “L’Empire de l’or rouge” (O Império do Ouro Vermelho), baseado no seu livro homônimo. No Recife, o encontro com o jornalista será na segunda-feira, dia 16 de setembro, às 19h, no auditório da Aliança Francesa do Derby.

O que nós comemos quando abrimos uma lata de tomate concentrado, colocamos ketchup no prato ou pedimos uma pizza? A resposta: tomates industriais, processados em fábricas e embalados em barris que circulam de um continente para outro. Onde, como e por quem esses tomates são cultivados e colhidos?

Para responder essas perguntas, o jornalista Jean-Baptiste Malet viajou da China à Itália, da Califórnia até Gana, em uma investigação geopolítica única e original que durou dois anos e deu origem ao livro “L’Empire de l’or rouge”, publicado em 2017 e ganhador do Prix Albert Londres em 2018. Na obra, que mais tarde se transformaria em documentário, Malet desvenda a história da indústria do tomate e sua divisão internacional do trabalho contemporâneo.

A exibição do documentário e debate com o autor será gratuita e aberta ao público, mediante lotação do espaço. A Aliança Francesa do Derby fica na Rua Amaro Bezerra, nº 466. Mais informações no site www.af.rec.br.

GASTRONOMIA, Sem categoria

Foto: Igor Bione 


O restaurateur Fábio Wiethaeuper, conta que  a Sadia, gigante do alimento fundada em 1944 em Santa Catarina, e o Wiella Bistrô, endereço referencial da boa mesa no Recife, são agora parceiros. A empresa escolheu o restaurante para lançar, no Nordeste, seus novos cortes e marinados. As receitas elaboradas com os produtos serão apresentadas ao público durante o Festival Sadia, que ocorre no Wiella a partir desta segunda-feira, 9, e se estenderá por 10 dias.

ESPETÁCULOS
IRB_Foto Paloma Amorim

Foto: divulgação

Completando 17 anos neste setembro e já tendo recebido mais de dois milhões e meio de visitantes, o Instituto Ricardo Brennand vai celebrar a nova idade com concertos do grupo Metaphora que apresentará as obras La Bomba por Mateo Flecha (1481-1553) e Barca de Veneza para Pádua por Adriano Banchieri (1568-1634), nos dias 12 e 15, às 16h e às 15h, respectivamente.

A audição será gratuita, mas com vagas limitadas. A inscrição pode ser feita pelo link https://forms.gle/8aHCr9qSLnpyTks67 .  Eleito o melhor museu do país, o IRB conta com um vasto e belíssimo acervo distribuído no Museu Castelo São João, na Pinacoteca e na Biblioteca, além dos jardins das Esculturas e uma galeria para exposições temporárias e eventos.

SOCIAL

Foto: divulgação

A partir da construção de um espaço democrático e de formação de espectadores críticos frente a obras do audiovisual, os moradores da comunidade de Apipucos, na zona norte do Recife, têm se mobilizado em grupos de trabalho para colocar a mão na massa e pleitear por melhorias em prol do coletivo.

O Luíla e Pretinha Cineclube realizou a sua primeira sessão no sábado, 27 de abril o projeto não só ganhou forma e amadureceu, como também despertou o senso coletivo e uniu corpos presentes nas lutas diárias que ali sempre existiram, mas andavam um pouco cansadas. Chegando a sua 9ª sessão na tarde do sábado, 14 de setembro, com a oficina Farmácia Viva e a exibição do filme “O Menino e o Mundo” no Conselho de Moradores de Apipucos (Rua dos Caetés, 195) e, a partir das 9h do domingo, 15 de setembro, realização do Passeio Sensorial pelos territórios da comunidade e do 2° Seminário de Reestruturação do Conselho, o Luíla e Pretinha Cineclube se tornou um lugar de afeto e de rearticulação dos moradores que bebem na fonte de luz, força e resistência das duas mulheres guerreiras que nomeiam o projeto.

LANÇAMENTOS

Foto: divulgação

Neste domingo (15), a banda Sargaço Nigthclub lançará nas plataformas digitais o single ‘Wilson’. A música é resultado da parceria entre a banda e o DJ Alberto Alves, responsável pelo projeto de música eletrônica independente Voltimetro Bass que funciona à base de parcerias musicais com diversos artistas pernambucanos.

A banda aceitou o desafio do DJ: colocou letra e completou o arranjo da sua base eletrônica com beats e sintetizadores baseados na “House Music” e “Hi NRG” dos anos 80. Arremataram o trabalho com arranjos compostos por Marcelo Rêgo para violão, guitarras e principalmente o baixo melódico à la Peter Hook do New Order. “Na letra buscamos abordar questões de ódio e preconceito que rivalizam com a alegria e o poder que Simonal deixou como legado” diz a vocalista do Sargaço Nigthclub Sofia França.

O Sargaço Nigthclub é um duo autoral recifense formado por Marcelo Rêgo e Sofia França. Suas principais referências são o dreampop, post-punk revival e folk, além do Rock Brasil e da MPB, em especial os movimentos musicais “O Pessoal do Ceará” e a “Psicodelia Pernambucana”. A cidade do Recife serve de pano de fundo para as canções da banda, que tratam desde o amor até a crítica social e política.

POR MARISTELA BELTRÃO

A Revista Club foi a primeira revista social de Recife, lançada em 1999. Em 2008, seguindo a tendência global, a Revista Club impressa foi transformada em virtual, que volta a circular depois de uma breve parada, sempre com Maristela Beltrão no comando.

LER MAIS

RECEBA NOVIDADES

Cadastre-se e fique por dentro de tudo que rola na sociedade pernambucana.

Facebook

INSTAGRAM